domingo, 16 de novembro de 2014

O Mar

Amar o mar
E não poder tocar
As ondas quebram nos olhos
E transbordam
O mar é imenso
Imenso é amar
O mar que amo
Em que me afogo
Mas nunca vi o mar
Amar é inundar
O mar
E amar

Nenhum comentário:

Postar um comentário